27 de setembro de 2014

Suco verde e o Hipotireoidismo

Pode ou não pode?
Os vegetais crucíferos crus (couve, repolho, brócolis...) possuem substâncias que podem interferir no bom funcionamento da tireoide. Porém, os estudos relacionam altas doses desses vegetais crus com a interferência negativa.
Como a boa nutrição preza pelo equilíbrio e variedade, a recomendação é sempre variar a alimentação e evitar os EXCESSOS. No caso do suco verde, independente da presença de hipotireoidismo, varie os crucíferos com agrião, talo de erva-doce, hortelã...




Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

Salada de Quinoa

Ingredientes
2 xícaras de quinoa em grãos cozida com sal marinho
1 tomate médio picado em pedaços bem pequenos
1 cenoura pequena ralada
1 colher (sopa) do Mix de grãos (gergelim, chia e semente de girassol sem casca)
1 colher (sopa) de cheiro verde bem picado
1 colher (sobremesa) de cebola bem picada
3 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem
2 colheres (sopa) de uva-passa (cozinhar com a quinoa)

Preparo

Misture bem todos os ingredientes e verifique a necessidade de corrigir o sal. Sirva gelada.

Clorofila caseira para congelar

Ingredientes
- 3 xícaras de chá de folhas de agrião picadas
- 6 folhas de couve-manteiga
- 1 pedaço de erva-doce
- 1 cenoura pequena

Preparo
Higienize todos os ingredientes e bata no liquidificador com o mínimo de água possível. Coloque em forminhas de gelo.

Usar 1 cubinho de clorofila para 200ml de suco.

Cafeína na gestação

Embora estudos em animais indiquem que a cafeína leve à diminuição no crescimento intrauterino fetal, redução do peso ao nascer, reabsorção fetal e teratogênese (malformação fetal), nos estudos epidemiológicos os achados são, ainda, inconclusivos (SOUZA ; SICHIERI, 2005).
No que diz respeito aos humanos, a ingestão moderada de cafeína durante a gestação não parece ser prejudicial. Contudo, a cafeína pode potencializar o efeito teratogénico de outras substâncias, tais como o tabaco e o álcool (ALVES et al, 2009).
Por precaução, recomenda-se redução da ingestão diária de cafeína durante a gravidez. As maiores fontes alimentares de cafeína são café, “coca-cola”, chá e chocolate. Segundo a revisão de ALVES et al (2009), a ingestão de café durante a gestação deve ser inferior a duas xícaras/dia para evitar possíveis efeitos adversos.

Referências:
ALVES, Rita C.; CASAL, Susana; OLIVEIRA, Beatriz. Benefícios do café na saúde: mito ou realidade?. Quím. Nova, São Paulo, v. 32, n. 8, 2009 . 
SUOZA, Rita Adriana Gomes de, SICHIERI, Rosely. Consumo de cafeína e prematuridade. Rev. Nutr. 2005.


Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.
Site Fernanda Magro - Nutricionista Jundiaí