22 de novembro de 2011

Anorexia nos homens

Culturalmente, os homens costumavam ter uma maior resistência à pressão da sociedade pelo corpo perfeito. Atualmente, segundo Paula Melin, basta ir para qualquer praia do país e verificar a multiplicação de "saradões" e "pitboys" para constatar a disseminação de um modelo beleza masculina baseado num corpo cada vez mais magro, atlético, musculoso e com torso em forma de “V”.
Os homens possuem um padrão de transtorno alimentar diferente do das mulheres: abusam menos de laxante por ter uma maior facilidade de perder peso, costumam desenvolver os transtornos alimentares mais tarde, entre 18 e 26 anos, e é mais comum o histórico de obesidade.
O início, geralmente, é o mesmo. Começa com uma dieta com restrições a alimentos que se julga serem mais calóricos. A restrição vai aumentando progressivamente, associada a exercícios físicos até o jejum. No caso de anorexia, há diminuição dos níveis de testosterona e da libido, com possibilidade até de impotência.
O culto ao corpo e a prática excessiva de musculação já receberam até uma classificação nova dentro dos transtornos alimentares. O distúrbio vem sendo chamado de vigorexia ou anorexia nervosa reversa.
As pesquisas mostram que os homens tendem a responder mais rápido ao tratamento, mas a recuperação total nunca é fácil.

Leia o texto completo:
http://www.unesp.br/proex/programas/pdg_anorexia_e_bulimia_masculina.pdf

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

8 de novembro de 2011

Receita de Patê de frango light

Patê de frango light

Ingredientes
½  peito de frango cozido e desfiado (temperado com sal, cebola e alho)
2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem
1 colher de sopa de cebola ralada
1 colher de sopa de salsinha picada
1 colher de sopa de cebolinha picada
1 potinho de creme de ricota light


Modo de Preparo
Misture bem todos os ingredientes e, se necessário, acrescente mais sal. Leve para a geladeira (por no mínimo 1 hora) até o momento de servir.

13 de setembro de 2011

Alimentos que auxiliam no tratamento da celulite

Frutas vermelhas: amora, framboesa, mirtilo e morangos.
Consumir 2 a 3 vezes por semana.

Chá verde: auxilia na formação de colágeno, no emagrecimento e é excelente antioxidante para celulite.

Açafrão da terra: rico em flavonóides, importante ação antioxidante no combate às doenças inflamatórias.

Óleo de macadâmia e de abóbora: ação hidratante na pele, antiinflamatória e antioxidante. Muito utilizado na gastronomia. Importante salientar que os óleos devem, obrigatoriamente, ser usados somente após o preparo do prato para não perderem suas propriedades nutricionais.

Oleaginosas como castanha Pará, amêndoa e noz: são ótimas fontes de antioxidantes e compostos fenólicos.

Couve manteiga, alho e brócolis: desintoxicantes, ajudam o fígado a excretar toxinas.

Aveia, salsinha, cavalinha: ricos em silício, ajudam na reestruturação do colágeno e no controle da “celulite”.



Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.


28 de julho de 2011

E o que é Colesterol?

O colesterol é um tipo de gordura e é fundamental para o bom funcionamento do corpo humano: funciona de matéria-prima para as membranas celulares, participa da produção da vitamina D, apresenta importância para estrutura do cérebro e das células nervosas, é usado para produzir hormônios...
Quando se diz que o colesterol faz mal, trata-se do seu excesso no sangue. 
O excesso da taxa de colesterol é, realmente, um malefício à saúde, já que leva à esclerose das artérias, aumentando o risco das doenças cardiovasculares.

Veja alguns alimentos ricos em colesterol:

- Carnes gordas (cupim, picanha, vísceras, costela, pele de aves...).
- Bacon e toucinho.
- Produtos embutidos (salsicha, salame, presunto, mortadela...).
- Leite integral.
- Queijos amarelos (queijo prato, queijo mussarela, parmesão..).
- Manteiga, banha, creme de leite.
- Frutos do mar como camarão, lagosta, lagostim, siri, caranguejo.
- Alimentos fritos.
- Folhados e chocolates em geral.

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

22 de julho de 2011

Sorvete de Banana e Cacau


Ingredientes:
  • 2 bananas
  • 1 colher de cacau em pó sem açúcar

Modo de Preparo:
Congelar as bananas maduras, com a casca lavada e embrulhadas em papel manteiga, deixando 1 noite ou 4 horas. Retirar a casca e picar a banana congelada. Bater no liquidificador (no pulsar) com o cacau. Consumir imediatamente.


Fonte:
**Receita elaborada pela Nutricionista Maria Cristina Menks Ribeiro (www.vponline.com.br)

6 de julho de 2011

Doação de leite materno

A Secretaria de Saúde de São Paulo pede às mulheres de todo o Estado que estejam amamentando que façam a doação de leite materno neste mês de julho. As baixas temperaturas e, principalmente, o período de férias escolares fazem com que haja queda de até 50% no volume de leite dos bancos, que é usado para alimentar os bebês prematuros ou doentes, que estão internados e precisam ganhar peso.
Mulheres de qualquer idade, que tenham bebês sendo alimentados exclusivamente com leite materno e que tenham sobra do alimento, podem ser voluntárias e ajudar outros bebês. As únicas exigências são que as doadoras não estejam tomando nenhuma medicação, drogas ilícitas ou fumando mais de dez cigarros por dia.
A secretaria destaca que, comprovadamente, as mulheres que amamentam e doam o leite evitam o empedramento das mamas e têm recuperação da forma física mais rápida. As mulheres que puderem colaborar podem entrar em contato com o banco de leite mais próximo de sua residência para pedir orientação sobre a forma correta de coleta e armazenamento. A lista das unidades está disponível no portal http://www.redeblh.fiocruz.br/.

27 de junho de 2011

Alimentos termogênicos

Os alimentos termogênicos geram um consumo  maior de calorias para a realização da digestão, podendo ser aliados no processo de emagrecimento. 
Vale ressaltar que o exagero no consumo desses alimentos pode levar ao surgimento de sintomas como dor de cabeça, tontura, insônia e problemas gastrointestinais. Hipertensos e indivíduos com problemas cardíacos devem ter cuidados aumentados, pois alguns desses alimentos fazem o coração trabalhar mais rápido. Por causa da influência sobre o metabolismo, os termogênicos não devem ser ingeridos por quem sofre de disfunções da tireóide.                                 
Outro cuidado a ser tomado é não consumir esses alimentos no período noturno para não prejudicar o sono.

Alimentos termogênicos de relevância:
Pimenta vermelha
Mostarda
Gengibre
Vinagre de maçã
Acelga
Aspargos
Couve
Brócolis
Laranja
Kiwi
Café
Guaraná
Água gelada
Linhaça
Gorduras vegetais
Gorduras de coco
Produtos derivados de chocolate
 

 Se você se interessou pelo tema, leia o artigo completo:  
Uso de Alimentos Termogênicos no Tratamento da Obesidade.


Fonte: CARDOSO, J. ; MARTINS, J. ; BENITES, J. ; CONTI, T. ; SOHN, V. Uso de Alimentos Termogênicos no Tratamento da Obesidade. Rio de Janeiro, Junho de 2010.

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

9 de junho de 2011

O inverno engorda?

O funcionamento do organismo depende de uma temperatura adequada, em torno de 37ºC. Para manter a temperatura corporal dentro da faixa de normalidade, durante os dias mais frios, o corpo precisa aumentar a produção de calor, gastando, assim, mais calorias. No inverno, o metabolismo aumenta cerca de 10%.
O aumento do apetite no inverno é normal, já que o corpo precisa de mais energia para produção de calor. Então, comer um pouquinho a mais no inverno não é a causa do ganho de peso, pois o metabolismo está mais acelerado, “queimando” essa maior ingestão de alimentos para a regulação da temperatura corporal.
Na realidade, o problema é que no frio as pessoas ficam mais paradas, diminuem o ritmo das atividades físicas e exageram nos alimentos mais gordurosos, resultando no ganho de peso.
Quem segue uma alimentação equilibrada, sem exageros e mantém um programa de exercícios físicos consegue, facilmente, manter ou mesmo emagrecer nesse período.
A dica é manter os exercícios e caprichar nos chás quentes, sopas, vegetais cozidos, leite desnatado com cacau e adoçante, frutas aquecidas...


Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

10 de maio de 2011

Receitas para o inverno

Quando o tempo começa a esfriar, muitas pessoas têm dificuldade de manter as porções de frutas e vegetais recomendadas. A dica é incluir esses alimentos na forma cozida.  As verduras e legumes podem ser consumidos após o cozimento no vapor, refogados, na sopa ou como recheio de preparações. As frutas aquecidas são ótimas opções de sobremesas. Confira algumas receitas.


Sopa desintoxicante

Ingredientes:
½ abóbora japonesa com casca
½ maço de cebolinha
1 pimentão verde
½ maço de aipo (ou salsão)
1 repolho grande ou 1 maço de couve                                                                                
1 cebola grande
2 cenouras
2 xícaras (chá) de vagem picada
Sal, pimenta e salsa a gosto

Modo de preparo:
Pique as folhas e os legumes. Coloque numa panela, cubra com água e ferva por 10 minutos. Abaixe o fogo mantendo o ponto de fervura por 40 minutos. Tempere a gosto.


Abobrinha gratinada

Ingredientes
1 abobrinha
1 colher de sopa de ricota
Azeite
Orégano
1 tomate sem pele cozido e picado
Queijo ralado light para polvilhar

Modo de preparo
1-    Corte a abobrinha ao meio, retire um pouco da polpa e reserve.
2-    Misture a polpa, a ricota ralada com gotas de azeite, o orégano e o tomate.
3-    Coloque a mistura sobre a abobrinha cortada, salpique um pouco de queijo ralado e leve ao forno por alguns minutos para gratinar.


Purê de maçã

Ingredientes
2 maçãs descascadas e picadas
Cravo e canela
½  copo de suco de laranja
½  copo de água

Modo de preparo
Coloque as maçãs em uma panela com o suco de laranja e água e leve ao fogo. Acrescente cravo e canela. Deixe ferver. Leve a fruta ao liquidificador e bata. Espalhe a massa em um prato e sirva.

Abacaxi grelhado

Ingredientes
1 fatia grossa de abacaxi
1 colher (sobremesa) rasa de açúcar de coco
1 colher (café) de suco de limão
Canela

Modo de Preparo
Polvilhe o açúcar no abacaxi e espere por 10 minutos. Coloque em um refratário o abacaxi com o suco que se formou e o suco de limão. Leve ao forno quente por 15 minutos até caramelizar.

18 de abril de 2011

A Páscoa está chegando e com ela, os chocolates....

Para quem não resiste aos chocolates, ainda mais nesta época do ano em que estão por toda parte, saiba qual é a escolha mais saudável.   
Quanto mais amargo o chocolate, maior a sua quantidade de cacau, o qual contém substâncias antioxidantes responsáveis pela proteção contra doenças cardiovasculares.
Os chocolates amargo e meio amargo são as melhores opções por apresentarem maior quantidade de cacau e também menores quantias de açúcar e gordura saturada do leite. Em contrapartida, o chocolate branco não é feito das sementes de cacau e sim, da manteiga de cacau, contendo mais gordura e açúcar do que os demais.
  
     Veja as diferentes composições dos chocolates:


Lembre-se de que o consumo deve ser moderado.
A recomendação é de não ultrapassar de 30g por dia.

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.


28 de março de 2011

A “doença do peixe cru”

A Difilobotríase, conhecida como doença do peixe cru, é uma infecção causada por um parasita de peixes. A contaminação acontece pelo consumo de peixe cru ou mal cozido, contendo as larvas do verme.
Com o aumento crescente do consumo de preparações orientais com peixes crus ou mal passados pelos ocidentais, a tendência é que a doença se torne cada vez mais presente.
Os sinais e sintomas são variáveis, de acordo com o desenvolvimento atingido pelo parasita no homem. A maioria dos casos apresenta-se de forma assintomática, entretanto, podem ocorrer distensão abdominal, flatulência, cólica abdominal intermitente, emagrecimento e diarréia, sendo uma complicação importante a anemia grave.
Para ter maior segurança no consumo de peixes crus,  verifique se o restaurante é fiscalizado pela ANVISA.


Fonte: Elisama dos Santos Monteiro Silva. Difilobotríase: A Tênia do Peixe


Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

23 de março de 2011

Tem certeza de que prefere tomar refrigerante?

Os açúcares não são todos iguais e o tipo presente nos refrigerantes é o xarope de frutose de milho. A Universidade de Princeton revelou que o consumo exagerado deste xarope, a longo prazo, leva a um aumento anormal de gordura abdominal. Em 2010, uma pesquisa da Universidade de Duke demonstrou que, devido ao xarope de frutose de milho, o consumo regular de refrigerantes provoca os mesmos danos ao fígado (fibrose e acúmulo de gordura) do que a ingestão abusiva de bebidas alcoólicas.
Para quem pensou que a solução seria tomar o refrigerante “light”/”diet”/”zero”, cuidado!
"O periódico Circulation publicou uma pesquisa sobre os hábitos alimentares de 16 mil indivíduos de meia-idade, acompanhados por mais de nove anos, com objetivo de investigar a relação entre a dieta e a síndrome metabólica - uma conjunção de problemas como resistência à insulina, colesterol ruim elevado, hipertensão arterial e gordura abdominal. No cômputo geral dos resultados, um achado surpreendente: os voluntários que bebiam uma lata de refrigerante diet por dia apresentaram um risco 34% maior de desenvolver a síndrome metabólica (REVISTA SAÚDE, 2008).
Leia mais sobre o refrigerante diet em:  Revista Saúde
Os refrigerantes dietéticos também possuem quantidade de sódio ainda mais elevada devido aos adoçantes: ciclamato de sódio e sacarina sódica. Além disso, é importante ressaltar que qualquer bebida com gás pode dilatar o estômago em até 50%, provocando uma diminuição da saciedade,  o que contribui para maior ingestão de alimentos e consequente ganho de peso.

1 de março de 2011

KEFIR

Kefir são grãos descobertos na região do Cáucaso, constituídos por bactérias láticas e leveduras. No Brasil, é usado como um produto da medicina popular e a maneira mais simples de consegui-los é por doação.
Os grãos de Kefir são colocados no leite, no qual fermentam. Logo em seguida, são coados e podem ser usados novamente porque os micróbios se renovam sem perder suas propriedades. O leite desnatado é a melhor opção para fermentação, já que o número de bactérias láticas aumenta quando há um menor nível de gordura.
“Puro, o leite fermentado com quefir se assemelha ao iogurte natural quanto a sabor, aroma e consistência”. Um copo por dia é o recomendado para combate às inflamações, melhora do funcionamento intestinal e da pele.

Fonte:
QUEFIR: basta um copo por dia - Nutrição – Revista Saúde –  No 331 – Dezembro, 2010.

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

17 de janeiro de 2011

Identificação do nível de hidratação pela cor da urina

Identificação do nível de hidratação pela cor da urina

A tabela acima pode ser usada para identificar o grau de hidratação do organismo. Comparando a cor da urina com a da tabela é possível saber se a ingestão de líquidos está adequada e, no caso de inadequação, fazer a correção da mesma.
Quanto menor o número, melhor o resultado. A urina classificada de 1 a 3  indica bom estado de hidratação. Entre 4 e 6, o indivíduo está mal hidratado e,  classificação 7 e 8, é sinal de desidratação.

 Precauções:
Alguns medicamentos e alimentos podem alterar a coloração da urina, invalidando o resultado deste teste.
As cores que você vê na tela também podem estar diferentes da tabela original. Portanto, este quadro só deve ser usado como um guia. A comparação mais precisa deve ser feita com a fonte original.

Observação: outras colorações de urina podem indicar problemas de saúde. Como exemplo, tem-se a urina turva/escura como possível indicativo de infecção do trato urinário e marrom-escura/limpa, de doenças hepáticas. Desta forma, qualquer anormalidade deve ser investigada com um médico.

Fontes:
Armstrong, L.E., Maresh, C.M., Castellani, J.W., Bereron, M.F., Kenefick, R.W., LaGassee, K.E., and Riebe, D. (1994). "Urinary Indices of Hydration
Status.", Int. J. Sport Nutr., 4, 265-279. Armstrong, L.E., Soto, J.A., Hacker, F.T., Casa, D.J., Kavouras, S.A., Maresh,
C.M. (1998). "Urinary indices during dehydration, exercise, and rehydration." Int. J. Sport Nutr. 8: 345-355.
Armstrong, L.E. (2000). Performing in Extreme Environments, Human Kinetics. Champaign, IL.

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.
Site Fernanda Magro - Nutricionista Jundiaí