22 de setembro de 2010

Banana verde auxilia no emagrecimento

Banana verde auxilia no emagrecimento
A banana verde cozida e transformada em um purê, conhecido como biomassa, propicia saciedade e contribui para a saúde do intestino, auxiliando no processo de emagrecimento. O responsável por esses e outros benefícios, como redução de colesterol e melhor controle da glicemia, é o amido resistente da fruta.
O amido resistente é um carboidrato não digerido pelo organismo, que retarda a digestão e absorção dos alimentos e, por esse motivo, aumenta a sensação de saciedade. No intestino grosso, a fermentação do amido resistente nutre as células benéficas da flora, contribuindo para o bom funcionamento intestinal.
A biomassa pode ser usada para fazer pães, bolos, sucos e outros.

Veja a receita extraída do blog VP- Nutrição Funcional (http://www.vponline.com.br/blog):

1. Lave as bananas verdes com casca, uma a uma, utilizando esponja com água e sabão e enxágüe bem;
2. Em uma panela de pressão com água fervente (para criar choque térmico), cozinhe as bananas verdes com casca, cobertas com água por 20 minutos;
3. Desligue o fogo após os primeiros 8 minutos, e deixe que a pressão continue cozinhando as bananas;
4. Espere o vapor escapar naturalmente. Não force o processo abrindo a panela debaixo da torneira, por exemplo;
5. Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela;
6. Vá aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador.
É importante que a polpa esteja bem quente, para não esfarinhar;
7. Coloque a quantidade desejada da polpa cozida quentíssima no processador;
2. Processe até obter uma pasta bem espessa;
3. Se não for utilizar imediatamente, guarde a polpa em saco plástico.

Prazo na refrigeração: uma semana

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

20 de setembro de 2010

Sugestão para portadores de alergia alimentar: Viva sem Alergia de Alice Sherwood


 "Traz mais de 100 pratos elaborados sem ovos, sem glúten, sem laticínios e sem oleaginosas -ou sem todos eles, com uma alimentação saudável e saborosa. São orientações fundamentais -da verificação dos rótulos à busca de alternativas- que garantem a segurança necessária na seleção dos alimentos. Ricamente ilustrado, Viva Sem Alergia apresenta menus com sugestões de refeições completas. Todas as receitas foram aprovadas pela instituição britânica Allergy UK"

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

3 de setembro de 2010

A falta de cálcio dificulta o emagrecimento

As últimas pesquisas relacionando o cálcio com a obesidade e/ou com a perda de peso, indicam que este mineral altera a absorção de gordura pelo organismo, sendo capaz de estimular a quebra de gordura e de inibir a formação da mesma.
“O cálcio da dieta é capaz de inibir a lipogênese e estimular o processo de lipólise. Esta ação se intensifica quando esse mineral é obtido por meio da ingestão de produtos lácteos e seus derivados. Por outro lado, estudos in vitro apontam que a ausência de cálcio na dieta promove aumento na concentração do mineral nas células adiposas, favorecendo a lipogênese” (Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr.)
Alimentos ricos em cálcio: leite, iogurte, queijo (prefira as versões desnatadas), figo seco, amêndoas, semente de gergelim, vegetais verde escuros...

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.
Site Fernanda Magro - Nutricionista Jundiaí