25 de maio de 2010

Sem medo do ovo!!

Tem gente que ainda evita o ovo porque está com o colesterol alto ou por prevenção.
 O ovo não deve ser evitado devido a sua quantidade de colesterol. Apesar da gema ser rica em colesterol, foi comprovado que não causa aumento do nosso colesterol devido à lecitina, substância que evita que essa gordura seja absorvida pelo organismo.
A gema ainda é fonte de proteína, de ferro e tem altas doses de colina, um nutriente que ajuda a proteger o cérebro e a memória.

Saiba mais sobre o ovo no site Instituto Ovos Brasil http://www.ovosbrasil.com.br/cadeia_boletim.php

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

14 de maio de 2010

“Fatorexia”: o gordo que se enxerga magro

"Britânica cria site, publica livro sobre “fatorexia” e espera que o transtorno seja reconhecido pelos médicos. Para Bird, descobrir que você é um “gordoréxico”, como ela apelidou o distúrbio, pode mudar sua vida. “Não porque existe uma fórmula contra isso, mas porque o reconhecimento desta condição pode prevenir o ganho de peso excessivo”, explicou ao Daily Mail."
Confira também o site "Fatorexia": http://www.eatingdisordersuk.co.uk/

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

Alimentação para Corredores

Alimentação que antecede à corrida

A alimentação deve ser de fácil digestão, rica em carboidratos e pobre em gorduras.
Não faça uma alimentação pesada, contendo alimentos gordurosos e/ou muito condimentados. Evite café, álcool e alimentos que possam causar desconforto gastrointestinal como abacate, melão, melancia, nabo, repolho, couve-flor, batata doce...
As refeições maiores devem ser feitas até 4 horas antes da atividade (ex: folhas, legumes,  macarrão ao sugo, filé de frango grelhado e salada de frutas) e as pequenas devem ser feitas até 2 horas antes (ex: leite ou iogurte desnatado, cereal e/ou pão com geleia ou queijo magro e fruta). Já nos últimos 30-60 minutos que antecedem à atividade, a ingestão de carboidrato deve ser feita por meio de frutas ou sucos de frutas, barra de cereais pobre em fibras ou 35-50g de suplemento de carboidrato (acompanhado de água).

Alimentação durante a corrida

Se a ingestão de bebida esportiva for feita de forma adequada, é suficiente para suprir a recomendação de 30 a 60g de carboidrato/hora.


Alimentação após a corrida

Nos primeiros 30 minutos após a corrida, deve-se consumir em torno de 100g de carboidratos de rápida absorção, como maltodextrina, suco de melancia, carboidrato em gel, barras energéticas ou frutas secas. Nas próximas horas, devem-se consumir alimentos como frutas, cereais, pães, leite, dentre outros e, posteriormente, seguir para uma grande refeição com carne grelhada, arroz, salada...
Alimentação para Corredores

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

10 de maio de 2010

Hidratação para Corredores

Não espere sentir sede para ingestão de líquidos durante a atividade física, pois, nesta situação, a desidratação antecede à sede. A água pura não é o melhor líquido a ser consumido durante a corrida. As bebidas esportivas, como GATORADE®, MARATHON® e SPORT DRINK® são mais eficientes, melhorando a absorção do fluido e mantendo o nível de glicose no sangue. Elas devem conter 6 a 8% de glicose e a temperatura para o consumo estar entre 15 a 21 °C.

Antes da corrida
Recomenda-se a ingestão de 400 a 600ml de líquidos cerca de 2-3 horas antes da atividade.

Durante a corrida
Recomenda-se a ingestão de 200 a 400ml (aproximadamente 4 goles) de líquidos a cada 15-20 minutos desde o início da atividade.

Após a corrida
Recomenda-se a ingestão de 150% da perda de peso corporal durante a atividade.

Como determinar seu estado de hidratação?
Observe a coloração da urina e a variação de peso antes e depois da prova:

Estado de Hidratação
% de variação do Peso
Coloração da Urina
Bem hidratado
1
Claro quase transparente
Minimamente hidratado
1 a 3
Amarelo bem claro
Significativamente desidratado
3 a 5
Amarelo escuro
Seriamente desidratado
> 5
Amarelo bem escuro
Adaptado de Casa e colaboradores, 2000

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.

4 de maio de 2010

Onde encontrar a "farinha de feijão branco"...

O extrato ou farinha de feijão branco pode ser encontrado nas lojas que vendem produtos naturais, como cereais, ervas... ou pode ser preparado em casa, segundo a receita retirada do site do Globo Répórter:

Lave o feijão com água e seque no sol ou sobre papel toalha. Quando estiver bem seco, coloque no liquidificador e bata o máximo possível. Depois, passe o feijão triturado por uma peneira. Se quiser mais fino, devolva ao liquidificador e peneire novamente.
A parte que sobrar na peneira é a sobra ou farelo. Tem as mesmas propriedades da farinha e pode ser usada em qualquer receita, como, por exemplo, em pães, misturada a farinha de trigo.

Em geral, 1 kg de feijão branco rende aproximadamente 200 gramas de farinha.


Outra possibilidade é a ingestão somente da glicoproteína Faseolamina,em cápsula, comprada na farmácia de manipulação (no máximo 1g/dia).

Veja algumas receitas com a farinha no site do Globo Repórter:
http://g1.globo.com/globoreporter/0,,MUL1215390-16619,00.html

Os efeitos da presente orientação só serão efetivos quando associados a uma alimentação equilibrada e não dispensa o atendimento presencial com um nutricionista.
Site Fernanda Magro - Nutricionista Jundiaí